domingo, 25 de janeiro de 2015

E já estou em casa!


Um pouco cansado!


Obrigado    Merci    Thank You

sábado, 24 de janeiro de 2015

Representando Portugal - O Cristiano Ronaldo de Anzère





Recebendo a Medalha ...

Eis a "performance". O Vitor Alexandre foi sem dúvida o melhor de entre aqueles que andaram de Ski pela primeira vez, Todos os miúdos tinham "apoio", o Alex como se vê, não precisou dele, foi uma espécie de "Cristiano Ronaldo" do ski, pois impressionou os próprios instrutores!.
video
Eis os instrutores:


sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Anzère hoje

Na Vila, nevoeiro e neve. Na montanha, por cima das nuvens, o sol e paisagens deslumbrantes!




quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Mais fotos do Campo Tackers

 O Alex está de joelhos do lado esquerdo da miúda com o capacete rosa.

 O grupo

Alex, Lígia e
Dr. Albert Groenewoud
Senior Director Medical Science Liasons Europe, Middle East and Africa 
o representante da Astellas, os principais patrocinadores do campo


Lígia, Albert e Liz Schick a responsável da Tackers.


Quem torna isto possível!


Tackers 2015 - Press Release

45 miracles, 15 countries and the inspiring legacy of a five year old boy

Gael’s Star shines at TACKERS kids’ transplant camp in Switzerland


This week, transplant children from around the world will come together in the Swiss Alpine village of Anzère to celebrate their second chance at life. TACKERS ski camps for kids have been uniting young transplant survivors for 14 years and behind this year’s event is a particularly inspiring personal story.

Just last month, the life of a 5 year old Swiss boy was tragically cut short when he fell while walking in the mountains. Within days, the boy’s family decided to donate his organs to save others. To celebrate his life and legacy, the TACKERS annual ski race on January 24 will be named “Gael’s Star”.

45 children from 15 countries: Belarus, Belgium, Bulgaria, Germany, Hungry, Ireland, Israel, Japan, Pakistan, Portugal, Slovenia, South Africa, Sweden, Switzerland and the UK will take part in the camp, testament to how fit and well they are after their life saving surgery. They will be accompanied by an international medical team.

For most of the children, this is the very first time they have been abroad and away from the protective arms of their parents, and escaping their struggle for long term health, for a week of fun. For many, it’s the first time they have met other children with transplants, just like them. Staying in the same chalet and looked after by the excellent staff of Viamonde, the children gain confidence, self-esteem and many new friends.

Lynne Holt, coordinator of the International Medical team caring for the children says, “All of these children have experienced near death situations and long periods of illness. Without the ‘Gift of Life’ they simply would not be here today!

“They have already climbed a mountain in their battle for life, and with their courage and determination; they will enjoy the thrills of skiing down the mountains in Switzerland. Life is very precious and as there is a desperate shortage of organs, we do hope that seeing these amazing youngsters will encourage people to talk to their families about organ donation and decide that they would want to be a donor in the event of their death.”

British born Liz Schick, a liver transplant recipient now based in Switzerland founded TACKERS (Transplant Adventure Camps for Kids), a charity adventure camp for children with organ transplants, in 2002. The camps are organized under the umbrella of Swisstransplant, the Swiss National Foundation for Organ Donation and Transplantation. This will be the 14th International Camp.

Liz says “Before my transplant I had no idea that it was possible to live life to the full after transplant. These children are living proof that transplantation works and are the ultimate ambassadors for organ donation and transplantation. Performing sport keeps them healthy and gives them more confidence. We literally see them blossom during the week. This is all thanks to our sponsors, especially Astellas Pharma, and volunteers, but more importantly to our organ donor families, the amazing people that literally saved our lives in their moment of terrible loss. They are our heroes.”




45 Milagres, 15 países e uma herança inspiradora de um pequeno rapaz de 5 anos
A estrela de Gael brilha na TACKERS kids’ transplant camp in Switzerland


Durante esta semana, crianças transplantadas de vários pontos do globo encontram-se nos Alpes Suiços , na vila de Anzère para celebrar a sua segunda vida. TACKERS ski camps for kids  tem vindo a unir jovens transplantados há ja 14 anos e este ano celebra um evento especial baseado numa história pessoal inspiradora.

No mês passado, a vida de uma criança suiça de apenas 5 anos foi trágicamente cortada quando caiu enquanto passeava pelas montanhas.
A familia da criança decidiu doar os orgãos da criança para salvar outras crianças. Para celebrar esta vida e este legado, a corrida de Ski anual da TACKERS a 24 de Janeiro será chamada de “Gael’s Star” (a estrela de Gael)

45 crianças de 15 países: Bielorussia, Belgica, Bulgaria, Alemanha, Hungria, Irlanda, Israel, Japão, Pakistão, Portugal, Eslóváquia, Àfrica do Sul, Suécia, Suiça e Reino Unido participam neste campo, testemunhando como estão bem após uma cirurgia que lhe salvou a vida, sempre acompanhados por uma equipa médica internacional.

Para a maioria destas crianças é a primeira vez que estão fora do seu país, da sua casa e dos braços protectores dos seus pais, escapando à sua luta diária pela saúde, para uma semana de divertimento.

Para muitos é também a primeira vez que se encontram com outras crianças transplantadas, tal como elas.
Ficando no mesmo Chalet e sob a orientação de uma equipa excelente da Viamonde, as crianças ganham confiança, auto-estima e muitos novos amigos.

Lynne Holt, coordenadora da equipa médica internacional responsável pela administração dos medicamentos e pela saude das crianças, diz :” todas estas crianças experienciaram situações de quase morte e passaram longos periodos de doença. Sem o “presente da vida “ não estariam pura e simplesmente aqui hoje !”

“Eles já escalaram a montanha na sua luta pela vida  com a sua coragem e determinação; eles vão disfrutar dos trilhos de sky descendo as montanhas na Suiça. A Vida é muito preciosa uma vez que existe tão pouca disponibilidade de orgãos . temos esperança que ao vermos estes jovens iremos encorajar as pessoas a falar com a sua familia e com a sociedade sobre a doação de orgãos e que decidam ser doadores de orgãos caso faleçam. Sensibilizando também a sociedade e os governos para esta problemática”

Liz Schick, de origem britânica, transplantada ao fígado, agora vivendo na Suiça, fundou em 2002 a TACKERS (Transplant Adventure Camps for Kids), um campo de férias e Aventura para crianças
O Campo é organizado sob a protecção da Swiss National Foundation for Organ Donation and Transplantation. Este é já a 14ª edição do campo internacional.

Nas palavras de Liz “antes do meu transplante não fazia ideia que era possível viver uma vida plena depois de transplantada. Estas crianças são a prova viva que a transplantação funciona e elas são os embaixadores da doação de orgãos e transplantação. A prática de desporto ajuda-os a manterem-se saudáveis e dá-lhes autoconfiança. Vemo-os a desabrochar durante esta semana. Isto graças aos sponsors e especialmente à Astellas  e aos voluntários, mas ainda mais importante devido às famílias dos dadores e aos próprios dadores, pessoas extraordinárias que literalmente salvam as nossas vidas, nos momentos das suas perdas terríveis . Eles são os nossos heróis “.

 Fim

segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Anzère - Um sonho na Neve! - Que la montagne est belle!

Voilá Victor Alexandre (Victor Alexandris, como o tonton Daniel Schneider carinhosamente lhe chamou... o Tio Daniel que pouco tempo depois faleceu não muito longe daqui, nos Alpes).

De Anzère/Suiça para o Mundo!!







Não pudemos assistir à primeira aula lá em cima no Pico (Pas de Maimbré), porque o tempo não ajudou. Neva muito, algum vento e para se chegar ao sítio, só mesmo de ski! Subimos pelo teleférico, mas depois lá em cima, percebemos que nada conseguiríamos ver e voltámos a descer!

A primeira noite correu bem e o Alex aparentemente enquadrou-se bem no ambiente multinacional, pois perdemos o contacto ontem a meio da tarde e só hoje conseguimos estas imagens!

A LIZ SCHICK é muito simpática e esta organização TACKERS é realmente fabulosa! Ontem no aeroporto quando nos reunimos com os outros participantes, especialmente ao visualizar o numero de crianças, não pude deixar de ficar emocionado, pois estamos a falar de um grupo de crianças muito especiais!

Tudo é possível graças à ASTELLAS Pharma, porque são ele que apoiam anualmente a existência deste campo de férias. recordo que o imunossupressor que o Alex toma é precisamente o ADVAGRAF da Astellas!




O  Daniel adorava a montanha e sempre quis vir aqui connosco. O mais próximo que estivemos disto foi uma vez nos Pirinéus, mas ... no Verão. Com muita saudade invoco aqui esta canção que o Daniel tanto gostava de cantar: Que la montagne est belle!

Que me perdoe o Jean Ferrat por dizer isto, mas lamento não colocar aqui uma das versões do meu Tio Daniel, que era mais bonita...

Que saudades do Daniel!
Esta foto, em que estou sentado a olhar para o Daniel foi tirada há sensivelmente 30 anos em Villepinte (perto de Paris), durante a festa de baptizado da minha afilhada Joanne Scnheider.